O mercado de “designers” em Auckland (Nova Zelândia)

thumb

Depois de um mês trabalhando como designer na Nova Zelândia (Auckland) acho que posso falar um pouquinho desse mercado que é tão competitivo no Brasil.

Bom, para começar, uma coisa exatamente igual ao Brasil é a rotatividade - não pelos mesmos motivos, mas há. No Brasil uma coisa evidente é que designer é mercenário, e vai trabalhar pra quem oferecer um salário melhor, o que gera uma grande rotatividade nas agências brasileiras. Aqui a rotatividade se dá mais porque as pessoas estão se mudando o tempo todo (na verdade, todo o mercado de trabalho por aqui rola essa rotatividade toda). Ou seja, oportunidade sempre há, principalmente se você for um profissional com 'experiência' (lê-se: sabe se virar sozinho).

continue lendo